Executa desafeto e vai dormir

Um menor de 16 anos, suspeito de uma dupla tentativa de homicídio há uma semana em Pedro Leopoldo, foi apreendido suspeito de executar seu desafeto Gabriel Luiz de Jesus Apolinário, 19 anos, na madrugada desta sexta-feira.

O crime ocorreu por volta das 04h30 da manhã no bairro Teotônio Batista de Freitas, em Pedro Leopoldo.

A amásia de Gabriel que está grávida disse à polícia que eles estavam dormindo quando acordaram com alguém quebrando os vidros da porta da sala, tentando invadir sua residência.

Gabriel levantou-se e saiu correndo pela porta dos fundos quando ela escutou as últimas palavras de Gabriel que citou o nome do menor e disse: “não faz isso comigo”. Nesse instante ouviu um forte barulho de tiro e viu o vulto do atirador correndo para a rua.

Quando socorro e polícia chegaram ao local depararam com Gabriel Luiz de Jesus Apolinário caído já em vida e ao lado do seu corpo estava um cartucho calibre 12 deflagrado.

A polícia chegou até o menor por volta de 08h46 sendo que ele estava tranquilamente dormindo em sua casa, sendo apreendido. A polícia suspeita que o crime esteja relacionado a uma guerra de gangues pela disputa de pontos de venda de drogas.

Com medo de represália, a amásia de Gabriel que está grávida de quatro meses desapareceu sem deixar vestígios.

Compartilhe esta notícia em

Deixe aqui o seu comentário...

error: © Todos os direitos reservados!
O jornal de Sete Lagoas e região
%d blogueiros gostam disto: