Campanha de Popularização do Teatro chega a Sete Lagoas

Marcelo Sander // Assessor de Comunicação

A Ciranda Sertaneja retrata uma intriga sertaneja em torno do amor entre os personagens Coco Verde e Melancia. O espetáculo acontece no dia 3 e 4 de fevereiro às 17h no Auditório Unifemm // foto: Maikow Anderson

Pela primeira vez Sete Lagoas recebe a tradicional Campanha de Popularização do Teatro e da Dança de Minas Gerais, em sua 44ª edição. De 18 de janeiro a 4 de fevereiro, serão 18 sessões de 11 espetáculos de seis companhias teatrais sete-lagoanas se revezando nos palcos do Unifemm e da Casa da Cultura e apresentando algumas das mais aclamadas peças da cidade.
“A ideia vem desde 2015, mas este ano conseguimos o patrocínio da Cimento Nacional. Então, propus ao Sinparc trazer a Campanha para cá”, revela o diretor teatral João Valadares, responsável pela Temporada de Teatro de Sete Lagoas e à frente da Preqaria Cia de Teatro, produtora local da Campanha.

Os ingressos já estão à venda a preços populares (R$ 10 antecipado) pelo site www.vaaoteatromg.com.br e, a partir desta segunda-feira, 15, no Limão de Gravata e no posto de venda do Shopping Sete Lagoas. Na hora dos espetáculos os ingressos serão vendidos a R$ 20. Em Sete Lagoas a Campanha conta com patrocínio de Cimento Nacional e apoios do Shopping Sete Lagoas, Limão de Gravata, Unifemm e Prefeitura de Sete Lagoas. A produção local é da Preqaria Cia de Teatro. Realização do Sindicato dos Produtores de Artes Cênicas de Minas Gerais (Sinparc), Governo de Minas e Ministério da Cultura. Informações: (31) 3272-7487 e 98894-4243.

Confira a programação e vá ao teatro:

Espetáculo: Amor (Preqaria Cia de Teatro)

  • Quando: 18 e 19 de janeiro, 20h
  • Local: Auditório Unifemm
  • Sinopse: Teatro-manifesto contra o medo de amar. Sobre o amor que sufoca quando algumas coisas não são ditas: o machismo, a homofobia, a violência contra a mulher. A discussão do sonho romântico imposto pela sociedade, a incomunicabilidade entre pares, as barreiras amorosas de um homossexual e a maternidade são temas da peça que, de forma despretenciosa, lança mão das linguagens da dança, da máscara, do teatro e da performance para criar um espetáculo contemporâneo.
  • Classificação: 14 anos

Espetáculo: Auto do Boi da Manta (Carroça Teatral)

  • Quando: 20 e 21 de janeiro, 17h
  • Local: Auditório Unifemm
  • Sinopse: Pai Francisco, na ansiedade de satisfazer o desejo de sua mulher grávida, Catirina, mata o melhor boi da fazenda para ela comer. Com medo de um castigo do capitão, dono do boi, Francisco pede ajuda a um índio que, junto com as rezadeiras e um padre, escolhem uma criança pura de coração para soprar o boi (sopro da vida) e dessa forma ressuscitar o animal. Daí por diante há uma grande festa no terreiro da fazenda comemorando o milagre da ressurreição.
  • Classificação: Livre

Espetáculo: Mutema e Outras Histórias (Grupo Drama de Teatro)

  • Quando: 20 e 21 de janeiro, 20h
  • Local: Auditório Unifemm
  • Sinopse: A comédia retrata a época do rádio dos anos 1940. O apresentador Anacleto, as atrizes Juliana Juliene e Franciele Françoso e o ator Aparício Fresnel apresentam adaptações de clássicos da literatura brasileira como “Maria Mutema”, de Guimarães Rosa, o cordel de Patativa do Assaré, além da “Ópera do Malandro”, de Chico Buarque, no formato de rádionovelas. Nos intervalos, os artistas da Rádio Atividade entretém o público com boas histórias e muitas risadas.
  • Classificação: Livre

Espetáculo: As Feias Também Amam (Grupo de Teatro Nós e Voz)

  • Quando: 25 de janeiro, 20h
  • Local: Auditório Unifemm
  • Sinopse: De forma irreverente e muito engraçada, a comédia teatral do Grupo Nós e Voz conta a história de duas mulheres desprovidas de beleza que buscam incessantemente alguém para amar. Elas, então, usam de todos os artifícios para conseguir o que desejam, mesmo que para isso precisem mentir, criar perfis falsos na internet ou até mesmo realizar técnicas de sedução para lá de engraçadas. Afinal, as feias também amam… só não são Amadas!
  • Classificação: 12 anos

Espetáculo: Cabana do Improviso (Trupe Cabana Teatral)

  • Quando: 26 de janeiro, 20h
  • Local: Auditório Unifemm
  • Sinopse: O projeto de humor é baseado em improvisações feitas na hora onde a plateia é importante para a criação das cenas. O teatro de improviso é baseado na técnica de improvisar, ao invés de se basear na dramaturgia. A técnica consiste em o ator interpretar algo que não foi previamente pensado, escrito ou elaborado. A partir de temas sugeridos na hora pelo público, as esquetes e jogos de improvisação vão sendo criados. Humor irreverente, divertido e inusitado.
  • Classificação: Livre

Espetáculo: A Princesa Gaia (Preqaria Cia de Teatro)

  • Quando: 27 e 28 de janeiro, 17h
  • Local: Auditório Unifemm
  • Sinopse: “A Princesa Gaia” conta a estória da Terra quando ela era ainda uma jovem princesa que, de tanto insistir, ganha a permissão de seu pai, o grande Rei Sol para casar-se. Não satisfeita com os pretendentes indicados por ele, a princesa foge para um local desconhecido, o nada, onde se encontra com o primeiro homem e… se apaixona! O casamento acontece, mas a relação é instável. Um espetáculo divertido que deixa uma importante mensagem sobre a relação do homem com o planeta Terra.
  • Classificação: Livre

Espetáculo: Casa Amada Brasil (Grupo Fênix)

  • Quando: 27 e 28 de janeiro, 20h
  • Local: Auditório Unifemm
  • Sinopse: Uma típica família brasileira chamada Brasil vive permanentemente em conflito… Pai, filhas, tia, uma empregada intrometida e a sua amiga mostram, diante dos nossos olhos, problemas comuns que são vivenciados por muitos diariamente. Eles mostram que a falta de perspectiva pode nos levar a confrontos de nossos limites éticos, morais e sociais, transformando-nos em mais um instrumento de construção do nosso tão famoso ”jeitinho brasileiro”.
  • Classificação: Livre

Espetáculo: Palhaços (Preqaria Cia de Teatro)

  • Quando: 1 de fevereiro, 20h
  • Local: Casa da Cultura
  • Sinopse: Espetáculo divertido e emocionante que traz ao público uma discussão social a respeito da vocação profissional. A linguagem popular se apropria da figura do palhaço para falar dos nossos sonhos esquecidos de infância, das concessões que o homem contemporâneo faz em detrimento dos seus desejos mais sinceros.
  • Classificação: Livre

Espetáculo: Nosso Estranho Amor (Preqaria Cia de Teatro)

  • Quando: 2 de fevereiro, 20h
  • Local: Casa da Cultura
  • Sinopse: O espetáculo mescla a linguagem da dança e do teatro para construir uma fábula contemporânea sobre um dos sentimentos primordiais do homem como ser social: o amor, o absurdo que há no amor entre um homem e uma mulher. A peça dirigida por Claudio Dias venceu o Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz e tem na trilha sonora executada ao vivo (violão e Violino) com canções de Caetano Veloso.
  • Classificação: 12 anos

Espetáculo: Ciranda Sertaneja (Carroça Teatral)

  • Quando: 3 e 4 de fevereiro, 17h
  • Local: Auditório Unifemm
  • Sinopse: Ciranda Sertaneja retrata uma intriga sertaneja em torno do amor entre os personagens Coco Verde e Melancia. Jovens apaixonados que encontram, na ciranda amorosa, forças para enfrentar os desafios impostos pelo Coronel, pai da moça. O brilho do povo sertanejo nos encoraja na manutenção da alma, alimentando o imaginário popular, explicando o inexplicável e contrapondo toda e qualquer injustiça que, por hora, abala os seres.
  • Classificação: Livre

Espetáculo: As Alegres Comadres de Windsor (Preqaria Cia de Teatro)

  • Quando: 3 e 4 de fevereiro, 20h
  • Local: Auditório Unifemm
  • Sinopse: Comédia de Shakespeare com máscaras da Commedia Dell Arte onde o protagonista Falstaff tenta, ao mesmo tempo, seduzir duas mulheres casadas de Windsor. As alegres comadres se voltam contra o balofo fanfarrão que sob o engenho dessas nobres comadres e o ciúmes de seus maridos, Falstaff é enganado, tratado como roupa suja, espancado, espetado, ridicularizado e insultado para então surgir arrependido.
  • Classificação: Livre
Compartilhe esta notícia em

Deixe aqui o seu comentário...

error: © Todos os direitos reservados!
O jornal de Sete Lagoas e região
%d blogueiros gostam disto: